Carlos Evaristo da Silva, Diego de Amorim Martins, Jean Lopes e Mauro Araújo foram presos na sexta-feira (4). O vereador Antônio Lino está foragido.

Foram transferidos na manhã desta quarta-feira (9) ao complexo penitenciário de Tremembé, no Vale do Paraíba, os quatro vereadores presos em Mogi das Cruzes por suspeita de corrupção, participação em organização criminosa e lavagem de dinheiro.

Carlos Evaristo da Silva, Diego de Amorim Martins, Jean Lopes, Mauro Araújo e Francisco Moacir Bezerra (PSB) foram presos na sexta-feira (4) durante uma operação do Ministério Público, que investiga crimes na Câmara, na Saúde e no Serviço Municipal de Águas e Esgoto (Semae). Francisco Bezerra permanece em prisão domiciliar por causa de problemas de saúde.

O vereador Antônio Lino também teve o mandado de prisão expedido, mas segue foragido.

Leave a Reply