Foto: Irineu Foto 3

A Secretaria de Saúde de Suzano está fazendo uma campanha de vacinação contra o sarampo que integra o calendário oficial, mas o reforço na divulgação neste momento se deve à realização da Copa América no Brasil, de 14 de junho a 7 de julho, com jogo de abertura em São Paulo. Para isso, basta ir a uma das 21 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e de Saúde da Família (USF) de Suzano com a caderneta de vacinação, em dias úteis, das 8h30 às 15h30. Quem não tiver a carteirinha, mas souber se já tomou alguma vez ou não, também poderá receber a dose.

A imunização consiste na vacina tríplice viral para crianças a partir de 12 meses e tetra viral a partir dos 15 meses; duas doses para indivíduos até 29 anos; e uma dose para adultos acima de 30 anos e nascidos a partir de 1960. Mas o importante é que todas as crianças se vacinem conforme o calendário oficial.

Os principais sintomas do sarampo são febre e manchas vermelhas pelo corpo. Em caso de suspeita, a Vigilância Epidemiológica de Suzano deve ser notificada imediatamente, para necessidade de bloqueio e vacinação das pessoas em contato com o paciente ainda não imunizadas. Não há registro positivo da doença na cidade há mais de dez anos. No primeiro quadrimestre de 2019, 99% das crianças foram vacinadas contra sarampo em Suzano.

“Houve uma orientação por parte do CVE (Centro de Vigilância Epidemiológico, do governo estadual) para que fosse feito esse alerta em razão do evento de massa. Milhares de viajantes estrangeiros adentrarão o País no período da Copa América e é importante a cautela em relação à doença, principalmente diante dos casos que têm surgido recentemente no Brasil, do surto registrado nos Estados Unidos e da constatação de aumento no número de casos neste ano em todo o mundo”, disse o secretário municipal de Saúde, Luís Cláudio Guillaumon.

 

Leave a Reply