Prefeitura de Suzano disponibiliza mais de 5 mil máscaras no comércio

0
192
Crédito das fotos: Irineu Junior/Secop Suzano

A Secretária de Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego e o Fundo Social de Solidariedade de Suzano, realizaram uma ação conjunta para deixar máscaras de tecidos pelos estabelecimentos da cidade, tanto para colaboradores como para consumidores. Desde o mês passado, mais de 5 mil unidades já foram distribuídas por meio dessa iniciativa nos comércios de dez bairros da cidade.  

De acordo com os setores responsáveis, a disponibilização dos itens de proteção também conta com o apoio da Associação Comercial e Empresarial (ACE). O início dessa ação foi na primeira quinzena de junho na rua General Francisco Glicério, no centro, tanto nas lojas como nas praças.  

Outros pontos que também foram alcançados pelas equipes foram nas áreas comerciais do Jardim Dona Benta, Jardim Revista, Jardim Europa, Jardim Gardênia Azul, Cidade Miguel Badra, Sesc, Raffo e também no distrito de Palmeiras, além do Centro Unificado de Serviços (Centrus). Os próximos bairros atendidos serão o Jardim Casa Branca e a Vila Fátima.  

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego, André Loducca, durante a entrega das máscaras ainda é feito um trabalho de orientação sobre a importância da utilização das máscaras e da higienização adequada dos itens como forma de evitar o contágio do novo coronavírus 

“A ação é voltada para os funcionários e para os clientes. Nestes dias, encontramos pessoas com máscaras por muito tempo sem higienização. No centro comercial de Palmeiras, por exemplo, atingimos muitos fornecedores que vêm de fora da cidade. Todos estão aceitando muito bem o nosso trabalho”, disse o chefe da pasta. 

As máscaras foram produzidas pelas costureiras parceiras do Fundo Social de Solidariedade, por meio do projeto ‘’Confecção e Oferta de Máscaras’’, que começou durante a quarentena de combate à Covid-19. 

“Estamos muito felizes com mais esta ação que segue em andamento. Já ofertamos as máscaras para motoristas, usuários do transporte público e entidades, e agora para comerciantes e trabalhadores. Elas já são higienizadas e as instruções sobre uso estão descritas na embalagem, sempre com o objetivo de conscientizar e proteger as famílias suzanenses”, disse a primeira-dama e primeira-dama do Fundo Social de Solidariedade, Larissa Ashiuchi. 

 

Leave a Reply