O prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi, recebeu a confirmação do fechamento em dezembro do maior poço na avenida Major Pinheiro Fróes (SP-66), na Vila Maria de Maggi, por parte da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). O anúncio foi feito nesta quarta-feira (23/10), no Gabinete Principal do Paço Municipal Firmino José da Costa, durante reunião de prestação de contas da autarquia para o Poder Executivo municipal quanto às obras de ampliação da rede coletora de esgoto.

Com dez metros de diâmetro, o poço que será fechado ainda neste ano compreende duas faixas, uma em cada pista, o que acarreta em um maior tráfego de veículos, causando transtornos aos motoristas e a quem mora ou trabalha ali. O prefeito informou que este é o maior poço e o que causa maior transtorno. Por isso, foi feito o pedido para um rápido fechamento. O objetivo é diminuir o trânsito ocasionado no local.

Ashiuchi salientou ainda que, com o término das obras, os índices de saneamento das cidades de Poá, Ferraz de Vasconcelos, Arujá e Suzano serão elevados. O chefe do Executivo suzanense destacou, inclusive, que a cidade ficará entre as 12 melhores em saneamento básico do País, diante ao ranking brasileiro, que tem 5.570 municípios.

Já os outros dois poços menores serão tapados no começo de 2020. Esses serviços se referem ao interceptor conhecido como ITi16, que permitirá o transporte dos detritos para a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Suzano. A tubulação tem 4,8 quilômetros de extensão. Deste total, 700 metros são executados na avenida Major Pinheiro de Fróes.

Estiveram presentes na reunião o superintendente da Região Leste, Maycon Rogério de Abreu; o coordenador de Obras da Região Leste, Adriano Carvalho Barbosa; o gerente da Sabesp no Alto Tietê, Eduardo Camargo; o gerente de Manutenção de Esgoto, Willian Ferreira dos Reis; o engenheiro da obra da Sabesp, Maurício Izidoro; e o gerente de Divisão, Zemicindo Miguel Mendes.

Leave a Reply