A Polícia Federal de Sorocaba (SP) deflagrou nesta quinta-feira (18) uma operação para tentar identificar uma quadrilha que fabrica e vende notas falsas de dinheiro pela internet.

Foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão em Itanhaém, Mongaguá, Barueri e em São Paulo.

As investigações tiveram início em 2017 e apontaram que a quadrilha comercializa o dinheiro falsificado pelas redes sociais.

O principal suspeito, identificado como Schumacher, ainda não foi encontrado. Ele é quem posta vídeos na internet anunciando a venda de cédulas falsas. “Shumacher trampos, o melhor do mercado. Voltamos a trabalhar”, diz o criminoso no vídeo.

O material apreendido nas buscas será analisado e periciado. Nenhuma cédula falsa ou maquinário foi encontrado.

Leave a Reply