A Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) prendeu na última quinta-feira, 25, um suspeito de chefiar o tráfico de drogas na região do Jardim Maitê, em Suzano, e outros dois homens ligado ao crime organizado. A operação, denominada ‘Glarea’ – Areião, em latim, referência à estrada de mesmo nome, foi realizada a partir de escultas telefônicas autorizadas pela Justiça.
Investigadores descobriram uma célula (grupo) do crime organizado, a qual explorava pontos de venda de drogas, em especial na região do Jardim Maitê. A investigação identificou três pessoas, sendo uma responsável por chefiar o narcotráfico e as outras por abastecer áreas escolhidas para a venda de drogas.
Os mandados de busca e apreensão e, também, prisão temporária foram autorizados pela Justiça e cumpridos durante a manhã desta quinta-feira. Entre os primeiros alvos da operação estava o ‘gerente’ do narcotráfico.
Uma pessoa foi presa em flagrante. De acordo com a investigação, o alvo seria o irmão identificado, durante as escultas telefônicas, mas que não foi localizado. Na ocasião desta ação, os investigadores encontraram 20 porções de maconha e R$ 1,6 mil. No total, as ações resultaram na apreensão de R$ 6.426.
Também foram apreendidos celulares, um notebook e anotações referentes a venda de drogas no bairro. Os três presos foram encaminhados à sede da Dise, em Mogi das Cruzes.
De acordo com a Polícia Civil, a investigação ainda prossegue. O objetivo é capturar novos alvos. A operação teve apoio de policiais de Poá, Mogi das Cruzes e Suzano.

Leave a Reply