A polícia militar procura compreender o principal motivo para o sequestro e assassinato de Luiz Fernando Dantas, 36 anos, durante madrugada desta segunda-feira (06), em Itaquaquecetuba.

A vítima foi encontrada próxima a um carro de luxo, que no momento estava em chamas. Ele chegou a ser socorrido com vida, porém não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital Santa Marcelina.

De acordo com a polícia, Dantas e um funcionário, de 19 anos, foram sequestrados nas adjacências da Estação Aracaré, por dois bandidos que estavam encapuzados. Ambos foram obrigados a entrarem em um carro. O percurso feito pelos criminosos foi breve e rápido, uma vez que pararam em um terreno com mato alto. O local em que foram levados fica próximo a conjuntos habitacionais.
De acordo com o jovem, bandidos começaram a realizar diversas perguntas a Dantas, em relação a um possível envolvimento dele com uma mulher. Disseram ainda que tal ação era represália ao fato de ser “talarico”.

A polícia tenta entender o motivo para o sequestro e assassinato de Luiz Fernando Dantas, de 36 anos, na madrugada desta segunda-feira, 6, em Itaquaquecetuba. A vítima foi encontrada próxima a um carro de luxo em chamas. Ele chegou a ser socorrido com vida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital Santa Marcelina.

Segundo a polícia, Dantas e um funcionário, de 19 anos, foram sequestrados próximo à Estação Aracaré, por dois bandidos encapuzados. Ambos foram obrigados a entrarem em um carro. O percurso feito pelos criminosos foi breve, uma vez que pararam em um terreno com mato alto. O local em que foram levados fica próximo a conjuntos habitacionais.

De acordo com o jovem, bandidos começaram a fazer perguntas a Dantas, em relação a um possível envolvimento dele com uma mulher. Disseram ainda que tal ação era represália ao fato dele ser ‘talarico’.

O registro do caso diz ainda que, após a explicação, um dos bandidos tentou atirar quatro vezes contra o jovem, mas as munições falharam. Depois, ordenaram que ele corresse sem olhar para trás. A mesma situação não ocorreu com Dantas.

Ainda de acordo com a polícia, os bandidos atiraram contra o homem, puseram fogo em um carro e fugiram. Os tiros alertaram moradores locais, que ligaram para a Polícia Militar.

Policiais foram até o local e encontraram a vítima caída no chão. Ele foi socorrido ao Hospital Santa Marcelina de Itaquaquecetuba, no entanto, não resistiu aos ferimentos e morreu.

(Com informações do Diário de Suzano / Marcus Pontes)

Leave a Reply