Vítima estava comemorando compra de casa de praia em Mongaguá, SP, um de seus sonhos, quando acidente ocorreu — Foto: Reprodução/Facebook

Um assistente técnico de 36 anos morreu após sofrer fortes queimaduras em uma explosão, enquanto tentava acender uma fogueira em uma casa em Mongaguá, litoral norte de São Paulo. De acordo com informações dadas pela Polícia Civil ao portal de notícias do G1 nesta terça-feira (01), a vítima ficou internada por 20 dias, mas não resistiu e veio a óbito.

Segundo a irmã de 35 anos, ele estava tentando acender uma fogueira com um galão de etanol, em uma casa que havia comprado recentemente no bairro Jardim Columbia, localizado em Mongaguá. Sendo assim, houve a explosão causando fortes queimaduras.

O assistente técnico foi levado até à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Mongaguá e posteriormente para a Santa Casa de Santos. Segundo a irmã do mesmo, o hospital induziu o rapaz ao coma para amenizar a dor. Ele ficou internado por 20 dias, mas não resistiu e morreu.

O boletim de ocorrência foi registrado no 7º DP de Santos como lesão corporal seguida de morte, sendo encaminhado ao 1°DP de Mongaguá, delegacia da área, para continuidade nas investigações.

FONTE: G1

Leave a Reply