O distrito de Cezar de Souza começa a receber nesta terça-feira (26/01) intervenções para melhoria da acessibilidade para pedestres e pessoas com deficiência. Os serviços seguem as diretrizes estabelecidas pela Prefeitura de Mogi das Cruzes para melhoria da circulação de pessoas no distrito e serão implantadas por meio de uma contrapartida da iniciativa privada para a implantação de novas unidades habitacionais.

Serão 44 novas rampas de acessibilidade na região do Jardim São Pedro e uma travessia elevada, além de revitalizações nas sinalizações horizontal e vertical.

“A melhoria da acessibilidade para pessoas com deficiência e dificuldade de locomoção é uma das prioridades da política de mobilidade urbana. Além de oferecer melhores condições de circulação para as pessoas, também colabora para a segurança viária”, explicou a secretária municipal de Transportes, Cristiane Ayres.

As rampas serão implantadas na avenida Ricieri José Marcatto, entre a avenida Nellusco Lourenço Boratto e a rua Manoel Sanches Grillo; na rua Doutor Rômulo Pasqualini, entre a avenida João XXIII e a avenida Ricieri José Marcatto; e na avenida Vereador Antônio Teixeira Muniz, entre a rua Vitor Ciola e a rua Doutor Rômulo Pasqualini. A construção das rampas será feita nos locais de interesse de travessia, como próximo a esquinas e a faixas de pedestres.

Já a travessia elevada será implantada na avenida Ricieri José Marcatto, entre a rua Edwald Muhleise e a rua Izabel Motta da Silva. O dispositivo amplia a segurança viária com a diminuição da velocidade do tráfego de veículos, funcionando como uma lombada. Além disso, também auxilia na acessibilidade para pessoas com deficiência e com dificuldade de locomoção, como os idosos, uma vez que oferece um espaço para travessia alinhado com as calçadas.

A previsão é que os trabalhos de implantação das intervenções de acessibilidade na região do Jardim São Pedro sejam finalizadas dentro do primeiro trimestre deste ano.

Deixe uma resposta