Deste total, 30% dos pacientes foram diagnosticados com o novo coronavírus e receberam o encaminhamento adequado

O serviço de telemedicina oferecido pela Prefeitura de Suzano registrou cerca de 1,8 mil atendimentos após três meses de funcionamento. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, deste total, 30% dos pacientes foram diagnosticados com Covid-19 e receberam o devido encaminhamento.

Na Central de Combate ao Coronavírus, toda pessoa que entra em contato passa por uma análise clínica, por meio de videochamada. “Quem apresenta sintomas da Covid-19 é orientado a procurar o posto de saúde mais próximo de sua casa. Caso seja necessário, é encaminhado ao Pronto-Socorro Municipal (PS) para o devido tratamento e continua sendo acompanhado e monitorado”, explicou o secretário Luis Claudio Guillaumon.

De acordo com o balanço de telemedicina, 1.159 pacientes não apresentavam sintomas da doença; 233 tinham pelo menos um (leve); 323 informaram dois (moderado); e 68 estavam com três (grave). Deste total, 350 pessoas receberam mais de um atendimento. Já entre os indivíduos diagnosticados com o novo coronavírus, este número ultrapassou 500, o que representa cerca de um terço dos casos confirmados em Suzano.

Desde abril, grande parte dos pacientes de telemedicina é de mulheres, com 1.053 registros. Já entre os homens foram 751. Os dados mostram ainda que o maior número de atendimentos foi realizado para pessoas com idade entre 30 e 45 anos (775). Já o menor foi para pacientes com até 15 anos (59).

Dos moradores atendidos, 7,27% são da área central; 6,77 % do Miguel Badra; 3,72% do Jardim Colorado; 3,33% do Jardim Monte Cristo; 3,05% da Vila Urupês; e o restante está dividido entre os demais bairros do município.

O projeto de telemedicina conta com a atuação de 12 médicos, que se revezam para que o serviço seja realizado das 8 às 20 horas. “Registramos, em média, 40 ligações por dia, com picos no início de abril, quando chegamos a atender 50 pessoas diariamente. Com a telemedicina, evitamos, por exemplo, que o PS ficasse congestionado e houvesse riscos a quem procurou por atendimento presencial”, disse Guillaumon.

Como funciona 

A Central de Combate ao Coronavírus atende pelo número ‪0800 484 8001. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, exceto feriados, nas dependências do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e do Ambulatório de Especialidades Dr. Joracy Cruz.

O projeto visa oferecer ao paciente uma teleconsulta rápida e segura. A pessoa que apresentar sintomas da Covid-19 pode ligar para a central. Neste primeiro contato, a atendente vai realizar uma triagem, com pedidos de informações como CPF e endereço. Em seguida, vai encaminhar um SMS para um número de telefone celular. Quando a mensagem chegar, o usuário deverá clicar no link, que vai direcioná-lo a uma videochamada com um médico pela Internet. A partir daí terá todo o atendimento adequado.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, Suzano tem hoje 1.585 casos confirmados do novo coronavírus. Até o momento, 108 pessoas morreram e 1.076 já se recuperaram.

Crédito das fotos: Irineu Junior/Secop Suzano

Deixar uma resposta