Aécio Neves deve apresentar projeto que pode suspender eleições municipais para 2022

0
291
Brazilian Senator Aecio Neves reacts during a session of the Federal Senate in Brasilia, Brazil October 18, 2017. REUTERS/Ueslei Marcelino

O ex-governador de Minas Gerais, e atualmente deputado federal Aécio Neves (PSDB) deve protocolar na câmara dos deputados o projeto que trata sobre o adiamento das eleições municipais deste ano por conta da pandemia que assola o país referente ao Covid-19. Aécio pretende transferir as eleições para 2022.

O parlamentar quer prorrogar os mandatos atuais de prefeitos e vereadores até 31 de dezembro de 2022. Mas, pela Proposta de Emenda á Constituição (PEC), os que seriam eleitos na data sugerida pelo tucano permanecerão com mandato de quatro anos de duração.

Diante disso, Aécio quer a unificação das eleições no país a partir de 2022. Segundo ele, a medida serviria para diminuir os gastos públicos, já que as disputas eleitorais ocorrem de dois em dois anos.

Assim, a cada quatro anos seriam eleitos no mesmo pleito presidente da república, governadores, prefeitos, senadores, deputados federais e estaduais, e vereadores. A proposição não altera a duração dos mandatos de senador, de oito anos.

Por se tratar de uma PEC, o tucano somente pode apresentar o texto á Câmara se conseguir o apoio de pelo menos um terço do total de deputados – 171 dos 513 parlamentares. Antes de iniciar o processo de recolhimento de assinaturas, ele aguarda saber se vai ser possível recolhê-las eletronicamente.

 

Deixe uma resposta