GCM de Suzano atua em 3,7 mil ocorrências em 2018

0
44
GCM de Suzano atua em 3,7 mil ocorrências em 2018

A Secretaria de Segurança Cidadã de Suzano elaborou um levantamento das ações promovidas pela Guarda Civil Municipal (GCM) entre os meses de janeiro e novembro de 2018, desde atendimentos a acidentes de trânsito e casos contra o patrimônio público a iniciativas sociais e encaminhamentos à Polícia Militar. No total, foram cem tipos de ocorrências relacionadas à atuação dos agentes de segurança.

 

Além disso, desde de outubro do ano passado a corporação passou a ter um grupamento de elite, a Ronda Ostensiva Municipal (ROMU), que conta com nove agentes. Em dezembro, a GCM ainda foi homenageada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) em referência ao programa Patrulha Maria da Penha.

 

Segundo o relatório da pasta, a corporação esteve presente ao longo de 2018 em 3.757 ocorrências. Dentre os tópicos que tiveram maior número de registros estão 780 assistências a outras secretarias, 708 abordagens, 610 cumprimentos de ordem de serviço, 241 atendimentos sobre perturbação de sossego e 65 prestações de socorro. Em relação a roubos e furtos de estabelecimentos, residências, transeuntes e veículos, a GCM de Suzano esteve presente em cem casos, que resultaram em 33 prisões em flagrante.

 

Além disso, ao longo do ano também houve importantes investimentos em equipamentos e armamentos. Em maio foram adquiridas 18 pistolas semiautomáticas calibre 380. Já em agosto a GCM recebeu um lote da Prefeitura de Campinas. A cidade foi contemplada com 25 revólveres calibre 38, das marcas Taurus e Rossi. Todos os 134 agentes passaram por treinamento e avaliação psicológica e estão aptos a portarem as armas. Anualmente, integrantes passam ainda por uma requalificação de 80 horas, que é uma exigência da Polícia Federal.  

 

Na sequência, a Secretaria de Segurança Cidadã de Suzano adquiriu 160 coletes balísticos. A renovação dos itens ocorreu entre o fim de outubro e o começo de novembro. Os equipamentos, produzidos em aramida, são de nível II e têm durabilidade de até seis anos.

 

Maria da Penha

Outro destaque é a Patrulha Maria da Penha, que em dezembro de 2018 foi premiada pelas ações que têm o objetivo proteger mulheres vítimas de violência e coibir a reincidência dos agressores. A honraria foi concedida pelo FBSP, em cerimônia realizada no Museu da Casa Brasileira, na capital paulista.

 

No ano passado, foram efetuadas pela Patrulha Maria da Penha oito prisões por desobediência e 7.710 mil visitas a domicílio cumpridas pelos agentes de segurança pública municipal como medida preventiva. Vale destacar também que, após a criação do órgão, nenhum óbito por violência doméstica foi registrado em Suzano. No total, houve 472 novas vítimas em 2018.

 

O programa foi o primeiro de origem municipal a ser premiado pela entidade nacional, composta por representantes do Executivo, do Judiciário e da sociedade civil organizada.


Para o comandante da GCM de Suzano, Sérgio de Assis Andrade, a concessão do Selo FBSP de Práticas Inovadoras 2018 coroou todo o trabalho realizado nos últimos quatro anos, com mais de 34 mil rondas realizadas para garantir o cumprimento de medidas protetivas e 30 prisões em flagrante de agressores que desobedeceram a lei. “É emocionante perceber que, além das vidas que salvamos neste período, somos reconhecidos como exemplo neste campo de trabalho”, afirmou.

 

ROMU

Em outubro do ano passado, foi criada a ROMU, um destacamento de elite da GCM de Suzano. Os nove agentes que a compõem foram treinados para situações que exigem conhecimento e atuação específicos. No curso, com duração de 90 dias, eles receberam várias instruções, como Noções Básicas de Controle de Distúrbios Civis (CDC), Patrulhamento Tático, Defesa Pessoal, Direitos Humanos e Educação Física.

 

O grupamento especializado tem como foco o combate à criminalidade, a patrulha preventiva e planejada, a proteção dos espaços públicos e o apoio a eventos em geral, e conta com uma viatura própria.

 

A criação da ROMU foi uma iniciativa da Prefeitura de Suzano. “Nossa linha é de investir na GCM para que seja sempre aprimorada e esteja preparada para atuar da maneira como se espera. A expectativa é de que Suzano venha a servir de exemplo e a inspirar outras cidades a fazerem o mesmo”, complementou o assessor especial da Secretaria Municipal de Segurança Cidadã, Jefferson Ferreira dos Santos.

 

 

Créditos das fotos: Irineu Junior/Secop Suzano, Mauricio Sordilli/Secop Suzano e Wanderley Costa/Secop Suzano

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here